top of page
  • Foto do escritorEntreLinhas

A morte chega para todos. Vamos nos preparar?

Diálogos de Esperança discute o tema da morte em sua próxima live.

Por Ana Luz


Tão dolorosa quanto inevitável é o dia da morte. Não adianta fugas, ilusões ou escapismos, precisamos falar sobre este tema. E para isso, o Diálogos de Esperança desta quinzena traz a capelã, conhecida como "doula da morte", que dedica-se ao acompanhamento à pessoa que está morrendo e de seus familiares, cuja atuação busca aliviar o sofrimento, oferecendo conforto, dignidade e ajudando na preparação para a morte. Na mesma mesa, um experiente psicólogo de 72 anos de idade que é mestre em ciência da religião e co-fundador do Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos. Clarissa Sanchez e Ageu Lisboa são os convidados para a live desta terça-feira (12) para falar sobre o tema-tabu "A morte chega para todos. Vamos nos preparar?".


O salmista Davi descreve sua experiência diante da ameaça de morte no Salmo 18 de forma clara e com profunda sensibilidade ao dizer que "Tristezas de morte" lhe cercaram, e "torrentes de impiedade" lhe assombraram. "Tristezas do inferno me cingiram, laços de morte me surpreenderam", define. E logo na sequência, descreve também sua reação e apelo a quem, naquela ocasião, parecia ser o único que poderia socorrê-lo: "Na angústia invoquei ao Senhor, e clamei ao meu Deus; desde o seu templo ouviu a minha voz, aos seus ouvidos chegou o meu clamor perante a sua face". Voltar-se para Deus é uma das primeiras reações de qualquer ser humano diante da morte. Não à toa, todas as religiões do mundo se debruçam sobre o tema da eternidade e cada uma tem seus ritos e formas de encarar a morte. Mas como a morte é encarada pelos cristãos? Existe uma preparação para esse momento? Como lidar com diagnósticos que parecem ser o fim? A morte é o fim?


Uma das perspectivas mais belas da literatura, vem de um poeta crstão do século XVI, mais conhecido por seu poema "Morte não te orgulhes tanto". Mais do que uma esperança, John Done fala de uma certeza que lhe habita, de que até a morte, um dia, também morrerá.

"Após curto sono, acorda eterno o que jaz,

E a morte já não é; morte, tu morrerás."


O Diálogos de Esperança é uma iniciativa da Aliança Evangélica, Editora Ultimato, Tearfund e Visão Mundial. Ancorada por Valdir Steuernagel, a live acontece nesta terça-feira (12) às 18h, pelo canal da Editora Ultimato no Youtube e Facebook simultaneamente.



Detalhamento

Diálogos de Esperança

Tema: "A morte chega para todos. Vamos nos preparar?"

Data: 12/10

Hora: 18h-19h


Conheça os convidados

Clarissa Peres Sanchez - Paulistana, casada há 32 anos, mãe de dois filhos e uma filha, vovó de dois netos e duas netas. Em 2012 enfrentou um câncer de mama e em 2013 fundou a Tok de Amor, uma casa de apoio a pacientes com câncer e familiares em Londrina, onde continua sendo voluntária e na direção até hoje. Atualmente é doutoranda em Teologia Prática na EST.


Ageu Heringer Lisboa - 72 anos, psicólogo, mestre em ciências da religião, co-fundador do Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos - CPPC e da Eirene Internacional. Um dos comentaristas da Bíblia de Estudos Conselheira - SBB.


Comentarios


bottom of page